Obstrução dos acessos dificulta o socorro.

Enviar por E-mail

      Os bombeiros no exercício da sua função encontram diversas dificuldades no caminho da sua missão, o auxílio e socorro do cidadão anónimo.

 

 

 

Para uma resposta eficaz e como se diz na gíria, ao minuto, é necessário que as limitações naturais e as criadas pela mão do homem sejam minimizadas, ou mesmo suprimidas.

Somos confrontados com alguma frequência com situações que resultam na ineficácia dos operacionais pela dificuldade da chegada dos meios aos locais onde são necessários. O estacionamento indevido é um desses exemplos. Recentemente, o estacionamento de veículos em local proibido, impediu a passagem de uma veículo de combate a incêndios urbanos que ia auxiliar os operacionais que se encontravam no combate a um incêndio urbano no centro histórico da cidade.

Uma outra situação verificada recentemente com uma equipa de tripulantes de uma ambulância de socorro houve a necessidade de suspender a marcha de emergência para subirem a um andaime usado na construção civil e retirar uma prancha que impedia a passagem do veículo no caminho público. Com tudo isto, é real a perda de tempo no auxílio e socorro da vítima, resultando num problema para a eficácia e oportunidade dos meios.

Apela-se ao bom censo da comunidade para colmatar estas dificuldades porque o comportamento “egoísta” de alguns cidadãos resulta no principal inimigo ao seu próprio socorro e da comunidade em geral.

De focar que o cumprimento do dever do bombeiro nem sempre depende dos seus próprios meios.

“Saber para salvar, educar para prevenir” .

 

Language

Promovídeo

Promo Vídeo

Clique na imagem para ver o
promo vídeo da Cruz Branca
Para ver as fotos clique aqui

@ Fire

@FIRE

Para visitar a página do @Fire clique na imagem

Risco de Incêndio


Para ampliar clique na imagem

Imagem Aleatória


Login Bombeiros



Contactos

brasao

Clique na imagem para ver os contactos da Cruz Branca

facebook

@FIRE

Para ir para a página oficinal dos Bombeiros Cruz Branca no Facebook clique na imagem

Ocorrências Activas


Para ver as ocorrências activas clique na imagem